Seguir por e-mail

terça-feira, 29 de março de 2011

Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque


Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, primeiro barão e visconde com grandeza de Suaçuna, (Jaboatão, 10 de junhode 1793  Recife, 28 de janeiro de 1880) foi um proprietário rural, militar e político brasileiro.
Filho do capitão-mor Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque e de Maria Rita de Albuquerque Melo, era irmão dos viscondes de Camaragibe e Albuquerque e também do barão de Muribeca.
Implicado na Conspiração dos Suaçunas (Pernambuco, 1801). Membro do triunvirato que substituiu a Junta dos Matutos no governo da província (como se explica melhor nos verbetes dedicados a Frei Caneca e à Confederação do Equador).
Foi 1º vice-presidente de Pernambuco, exercendo a presidência interinamente duas vezes, de 14 de abril de 1826 a 30 de janeiro de1827 e de 28 de fevereiro a 20 de março de 1832. Foi então presidente da mesma província, nomeado por carta imperial de 15 de abril de 1835, de 1 de junho de 1835 a 1 de fevereiro de 1837. Como vice-presidente da mesma província, nomeado por carta imperial de 8 de abril de 1837, assumiu pela quarta vez a presidência de Pernambuco, de 12 de maio a 30 de outubro de 1838.
Foi senador do Império do Brasil de 1840 a 1880 e ministro da Guerra (1840).
Foi Fidalgo Cavalheiro da Casa Imperial e oficial da Imperial Ordem do Cruzeiro. Agraciado com o título de visconde com grandeza por decreto de 14 de março de 1860.

Nenhum comentário:

Postar um comentário